posts in category Kanae Minatoshow all posts

Confissões - Kanae Minato

terça-feira, 5 de janeiro de 2021


Sinopse
: Seus alunos mataram sua filha. Agora ela quer se vingar. O mundo da professora Yuko Moriguchi girava em torno da pequena Manami, uma garotinha de 4 anos apaixonada por coelhinhos. Agora, após um terrível acontecimento que tirou a vida de sua filha, Moriguchi decide pedir demissão. Antes, porém, ela tem uma última lição para seus pupilos. A professora revela que sua filha não foi vítima de um acidente, como se pensava: dois alunos são os culpados. Sua aula derradeira irá desencadear uma trama diabólica de vingança. 


Narrado em vozes alternadas e com reviravoltas inesperadas, Confissões explora os limites da punição, misturando suspense, drama, desespero e violência de forma honesta e brutal, culminando num confronto angustiante entre professora e aluno que irá colocar os ocupantes de uma escola inteira em perigo. Com uma escrita direta, elegante e assustadora, Kanae Minato mostra por que é considerada a rainha dos thrillers no Japão. Você nunca mais vai olhar para uma sala de aula da mesma maneira.


★★★★/5


Já faz um tempo desde que finalizei essa leitura. Confissões, de Kanae Minato me deixou de queixo caído pela sua simplicidade na escrita e ao mesmo tempo pela história super bem elaborada.


Li algumas resenhas sobre esse livro e, sinceramente, acho que as pessoas estão cada vez mais chatas em relação, não apenas a livros, mas filmes, séries, a vida... Eu achei uma história realmente muito boa e que me prendeu desde o primeiro capítulo.


Foi a primeira vez que li algo da escritora e, como já disse, é uma história muito bem elaborada, cheia de reviravoltas e daquelas que, quando você pensa que já sabe de tudo, percebe que ainda tem muito mais rolando.


O livro Confissões é bastante profundo quando mostra a relação da família no desenvolvimento da criança. É um dos temas abordados e nos mostra que mesmo sendo altamente inteligente, é preciso que a criança tenha uma base sólida para que ela se torne uma pessoa responsável.


“Não estou sendo nobre ao manter a identidade de A e B em segredo. Não contei para a polícia porque não acredito que a lei os possa punir. A queria matar Manami, mas no fim não provocou a morte dela; B não tinha desejo nenhum de matar, mas a levou à morte”.


Quando vemos Shuya e seu sofrimento pelo abandono da mãe, pensamos muito sobre o quanto uma mãe faz tempo. Aí vemos a situação de Naoki, que mesmo com a mãe ali do lado, não tem a menos responsabilidade, pois a superproteção dela não o faz alguém melhor.


" Ouvimos tanta gente falar de famílias abusivas que corremos o risco de achar que todas as crianças são maltratadas em casa. Mas a verdade é que a maioria das crianças de hoje em dia é paparicada e mimada. Os pais imploram e só faltam ajoelhar para que os filhos estudem, comam ou o que for."


Vemos, também, que ninguém conhece o outro tão profundamente como pensamos conhecer. Eu, como professora, sempre tento manter uma visão ampla dos meus alunos e tento sempre buscar o melhor que cada um pode oferecer. E, já que o nome do livro é Confissões, quero confessar que nunca mais vou olhar uma turma com os mesmo olhos.



Brincadeiras a parte, já que nada tem a ver uma coisa com a outra, é uma leitura super válida, ainda mais para conhecer a literatura japonesa. É um livro curto, rápido, com uma leitura fluida e assustadora até.


Já deixo aqui, também, minha recomendação para verem a adaptação. É sensacional.


Espero que curtam a recomendação. Comente aí se já leu ou se já ouviu falar do livro.


Autora: Kanae Minato

Editora: Gutenberg

I.S.B.N.: 9788582355732


Comprando por esse link você estará ajudando o blog com uma pequena comissão. Obrigada!

Clube do Livro da Milca